Tem ação sua aqui? Confira as ações mais compradas por usuários do Real Valor no primeiro semestre de 2022.

Todo mês nós trazemos para você a lista das ações mais compradas pelos usuários do Real Valor, naquele mês. Dessa vez, resolvemos trazer a lista do semestre, mas antes, vamos entender um pouco como está o cenário atual nos 6 primeiros meses de 2022.

Não é novidade que a situação macroeconômica global é delicada. Quando o mundo parecia dar sinais de que reagiria após a pandemia da Covid-19, uma série de fatores derrubaram as expectativas… guerra entre duas potências geopolíticas, lockdowns consecutivos na China, risco de recessão. Mas nada de focar nos problemas, estamos aqui para ver a lista das ações mais compradas pelos usuários do Real Valor no primeiro semestre de 2022. 

E sim, temos pontos, relativamente, melhores no mercado de valores brasileiro, quando levamos em conta o cenário global. Para você ter ideia, enquanto o Ibovespa acumulou perda de 5,99% no primeiro semestre de 2022, o S&P 500 (índice com as quinhentas maiores empresas da bolsa norte-americana) registrou desvalorização de 21%, o que significa sua maior perda desde os anos 1970.

ações mais compradas

Alguns analistas acreditam, inclusive, que o momento é oportuno para comprar ações na B3, já que os valuations (valor justo de uma ação) estão atrativos. Nós aqui não estamos fazendo recomendação de compra ou venda de investimentos, esse conteúdo é apenas informativo. Agora, sem mais delongas, vamos a lista.

Veja o ranking das ações mais compradas pelos usuários do Real Valor no primeiro semestre do ano: 

  1. Vale (VALE3) – 10,79% do valor investido em ações;
  2. Petrobras (PETR4) – 5,37% do valor investido em ações;
  3. Magazine Luiza (MGLU3) – 5,33% do valor investido em ações; 
  4. Banco do Brasil S.A. (BBAS3) – 4,71% do valor investido em ações;
  5. Banco Inter (antiga BIDI11) – 2,76% do valor investido em ações.

[ACESSO GRATUITO] BAIXE O REAL VALOR E CONTROLE SUA CARTEIRA DE FORMA SIMPLIFICADA

Vale (VALE3):

Com boa margem de diferença para os demais papéis, a Vale representou 10,79% do valor investido em ações e foi a “queridinha” do primeiro semestre pelos usuários do Real Valor.

No período, o preço médio ponderado dos papéis comprados foi de R$ 81,96. VALE3 encerrou o mês de junho valendo R$ 76,93.

Três fatores principais prejudicaram uma melhor rentabilidade dos papéis da Vale no primeiro semestre: o primeiro, as fortes chuvas em várias regiões do Brasil nos início do ano, que atrapalharam a extração de minérios por parte da empresa. 

O segundo fator foi o preço do minério de ferro. Considerado um indicador da atividade global, a commodity foi impactada pelo cenário de crise vivido pelo mundo. 

Por fim, a desaceleração da demanda chinesa por conta dos aumentos de caso de coronavírus no país prejudicou os negócios da mineradora brasileira. Com a flexibilização das medidas de lockdown por parte do governo chinês, a tendência é que o preço da commodity se estabilize e ajude o papel da Vale a ter desempenho superior no segundo semestre.

Petrobras (PETR4):

As ações da Petrobras ocuparam a segunda posição na preferência dos usuários do Real Valor, com 5,37% do valor total investido.

No primeiro semestre, os papéis da estatal foram comprados pelo preço médio de R$ 31,91. Levando em consideração o mês de junho, PETR4 fechou o semestre valendo R$ 27,92.

O primeiro trimestre da Petrobras registrou um lucro de US$ 44,5 bilhões. As vendas de produtos relacionados com petróleo no mesmo período foram de US$ 27,1 bilhões, um aumento de 73,2% quando comparado ao 1T21, muito por conta da alta dos preços do petróleo e do gás natural.

No entanto, o primeiro semestre não foi só flores para a estatal. E um dos principais motivos, além da já sabida crise econômica global, foram as trocas na presidência da empresa. A dança das cadeiras no cargo principal da Petrobras sugeriu uma intervenção do Governo Federal e assustou o mercado.

Magazine Luiza (MGLU3) também está entre as ações mais compradas pelos usuários do Real Valor:

Não é novidade que a empresa comandada por Luiza Helena Trajano vem passando por um momento difícil. Apesar disso, a empresa ocupou o terceiro lugar na preferência dos usuários do Real Valor, com 5,33% do valor investido em ações no primeiro semestre.

A empresa apresentou um preço médio ponderado de R$ 5,91 no período. MGLU3 encerrou o semestre valendo R$ 2,35, com rentabilidade média de -60%. Ainda assim, alguns bancos de investimento colocaram o preço-alvo da ação em torno de R$ 7,30.

Alguns fatores podem ajudar a explicar o preço baixo das ações da Magalu no primeiro semestre. 

ações mais compradas

O primeiro deles, a alta da alta da inflação: o IPCA do mês de junho registrou alta de 0,67%, acumulando 5,49% no primeiro semestre. O aumento drástico refletiu no preço final dos produtos, o que resultou num encarecimento e consequente diminuição da demanda. 

Um outro ponto a se considerar é a concorrência enfrentada pela empresa. Gigantes como Americanas, Shopee, Amazon e AliExprees, por exemplo, são alguns dos concorrentes de peso no e-commerce.

Banco do Brasil S.A (BBAS3):

As ações do BB também se destacaram entre os usuários do Real Valor: o banco ficou em quarto lugar no ranking das ações mais compradas, e totalizaram 4,71% do valor investido.

O preço médio das ações no semestre foi de R$ 32,32. A empresa encerrou junho valendo R$ 33,26.

A expectativa do mercado em torno do Banco do Brasil é resultado do primeiro trimestre da estatal, que apresentou lucro líquido de R$ 6,6 bilhões, um crescimento de 34,6% em relação ao 1T21.

Banco Inter (antiga BIDI11):

Em quinto lugar na preferência dos usuários do Real Valor, com 2,76% do valor total investido em ações, ficou o Banco Inter.

O BIDI11 ficou disponível para negociação na B3 até o dia 17 de junho. Depois deste período, as ações do Banco Inter passaram a ser negociadas na Nasdaq através do ticker INTR, e na B3 por meio da BDR de ticker INBR31.

O preço médio ponderado do papel BIDI11 foi de R$ 20,35. A ação encerrou o último pregão do semestre valendo R$ 10,40, com rentabilidade média de -49%.

Apesar da rentabilidade negativa, os números da empresa foram positivos no 1T22. O Banco Inter apresentou carteira de clientes composta por 18,6 milhões de pessoas, 82% maior do que no primeiro trimestre do ano passado. Ainda no final de maio, alcançou a marca de 20 milhões de clientes.

O volume transacionado da empresa no primeiro trimestre do ano também surpreendeu: R$ 14,1 bilhões, 86% maior que no 1T21. A carteira de crédito também superou em 81% o primeiro trimestre do ano passado.

E não para por aí: as Receitas Totais foram de R$ 1,2 bilhão, 180% maior que o resultado do 1T21, enquanto que o Resultado Bruto de R$ 662 milhões no 1T22 foi 69% maior que o do mesmo período no ano anterior.

Para finalizar, o Lucro Líquido de R$ 27 milhões representou aumento de 32%. Ufa!

Apesar dos números excelentes, nem tudo foi flores para a ação do Banco Inter: a estreia na Nasdaq foi marcada por uma queda no valor das ações de 12,5%.

Tenha o controle do seus investimentos na palma da sua mão com o aplicativo do Real Valor – é gratuito

A diversificação do portfólio de investimentos é peça fundamental para buscar bons retornos. No entanto, sem a ferramenta ideal, fica complicado atualizar todas aquelas planilhas e, ao mesmo tempo, acompanhar o rendimento dos seus ativos.

É justamente isso que o aplicativo do Real Valor oferece: praticidade para monitorar sua carteira de maneira simplificada e gratuita. 

Com o app do Real Valor, sua única preocupação será em buscar os melhores ativos, enquanto acompanha o desempenho deles. Você ainda tem a possibilidade de comparar seu portfólio com os melhores benchmarks do mercado financeiro.

O Real Valor está disponível para Android, IOS, e versão Web. Clique no botão abaixo e tenha acesso ao aplicativo agora mesmo: 

[ACESSO GRATUITO] BAIXE O REAL VALOR E CONTROLE SUA CARTEIRA DE FORMA SIMPLIFICADA