Como é calculada a rentabilidade dos meus ativos?

O método utilizado pelo nosso aplicativo é o cálculo da rentabilidade pelo preço médio. Isso significa que, além de levar em conta a variação do ativo no dia, no mês e no ano, ela é influenciada por aportes e saques feitos num mesmo ativo.

 

Esse método permite o investidor saber de fato quanto de variação de patrimônio ele teve, ou seja, a rentabilidade mostra exatamente quanto o investidor ganhou ou perdeu.

 

Veja esse exemplo:

 

Imagina um investidor que em um determinado dia (D0) comprou 10 papéis de um ativo ABCD3 a 10 reais.

 

No dia seguinte (D1), o papel desse ativo valia 15 reais e o investidor decide comprar mais 10 papéis dele.

 

Dois dias depois (D2), quando o valor do papel chega a 20 reais ele decide vender tudo. Nesse momento, o investidor tinha investido 250 reais e possuía 20 papéis do ativo ABCD3.

 

Feito os cálculos, descobrimos que esse investidor teve uma rentabilidade final de 60% de seu investimento, ou seja, seu patrimônio multiplicou 1,6 vezes.

 

Agora, imaginemos que, no D1, ao invés de comprar 10 papéis do ativo a 15 reais, ele opta por comprar 20. Sua rentabilidade final seria 50,3%, ou seja, seu patrimônio multiplicou 1,503 vezes.

 

Esse exemplo só mostra quanto um aporte num mesmo ativo impacta na rentabilidade, justamente por alterarem o preço médio desses ativos.

 

Obs: proventos não são contabilizados nesse cálculo. Ele considera somente a variação do ativo do preço médio do ativo.

 

ATENÇÃO: Só mostramos as rentabilidades dos ativos em carteira no momento. Para ativos com posições já encerradas, somente é possível ver os detalhes das transações e o lucro gerado, tanto na tela “Extrato” (lucro de cada transação individualmente) quanto na tela “Resumo” (lucro total até o momento)

 

Clique aqui para saber onde você pode verificar as rentabilidades de seus ativos no app do Real Valor 🙂