Um gráfico de velas, candlestick ou simplesmente candle é um instrumento muito usado no mercado financeiro por profissionais que acompanham as tendências do mercado.

Quando eu vi um gráfico de vela pela primeira vez, eu não entendi absolutamente nada. Depois de me explicarem como ele funciona, passei a entender a beleza dessa representação.

Com ele, é possível saber mais do que só o preço de fechamento do ativo: você consegue saber o preço de abertura, fechamento, e o máximo e mínimo num intervalo de tempo específico.

Como funciona

A vela é composta de seu corpo e duas sombras, também chamadas de pavios. O corpo mostra o preço de abertura e fechamento do ativo. A cor do corpo simboliza se o ativo subiu ou caiu naquele intervalo.

Zoom gráfico de velas

Quando o corpo é verde ou branco, esse ativo subiu nesse intervalo. Sendo assim, o fechamento é maior do que a abertura, logo a abertura é a parte inferior da vela e o fechamento é a parte superior.

Quando o corpo é vermelho ou preto, esse ativo perdeu valor nesse intervalo. Sendo assim, a abertura é a parte superior da vela e o fechamento é a parte inferior.

Os pavios retratam o máximo e mínimo que o papel chegou naquele intervalo. O pavio de cima mostra o máximo e o pavio de baixo o mínimo.
gráfico de vela

Para que serve

Os gráficos de vela são ferramentas muito boas quando se quer analisar como o mercado está se comportando em relação a determinado ativo. Isso acontece porque o conjunto de velas costuma montar um padrão que grafistas já conhecem e costumam saber qual é o próximo movimento.

Um exemplo disso é o padrão “ombro cabeça ombro”, também chamado de OCO. Ele indica que haverá uma reversão de alta para queda.

Vela Ombro cabeça ombro

Conclusão

Analisar gráfico de velas é uma forma do investidor decidir o melhor momento para se comprar ou vender um ativo. Falamos de outras formas de escolher os melhores ativos aqui no nesse post aqui..