fbpx
Usar de graça Acesse sua conta

É melhor investir em fundos ou em criptomoedas diretamente?

Fiz um texto sobre os fundos de criptomoedas outro dia e um usuário mandou email fazendo essa pergunta.

Acredito que essa é uma estratégia que varia de pessoa para pessoa, principalmente por conta do perfil de investidor. 

De fato, as criptomoedas são muito voláteis e muitos analistas indicam, inclusive, que o investidor tenha até 5% da carteira nesse tipo de ativo. 

De qualquer forma, acredito que a melhor maneira de você decidir isso é entendendo a diferença entre investir em cripto puramente e pelo fundo.

Existem hoje mais de 5.000 criptomoedas disponíveis no mercado, cada uma com sua característica e rentabilidade.

As criptomoedas têm características peculiares quando o assunto é adquirir e armazenar moedas digitais. 

Guardar uma moeda digital não é igual a depositar dinheiro no banco. No caso das criptos, você tem que guardar essa moeda ou deixar na conta da corretora. 

Historicamente algumas corretoras gigantes foram hackeadas e o dinheiro foi perdido para sempre. Por isso, é sempre aconselhável que você mesmo armazene suas criptos. Para entender um pouco melhor disso, precisamos entender o conceito de wallet

Paper wallet, cold wallet e hot wallet: o que significam?

Basicamente existem dois tipos de armazenamento possíveis, a cold wallet e a hot wallet.

Com estes tipos de carteiras é possível armazenar as chaves públicas e privadas envolvidas nas transações. 

Fazendo uma analogia a uma conta no banco tradicional, a chave pública é a sua conta corrente e a chave privada é a sua senha para entrar no banco.

Essas chaves tem esses nomes porque vem do mundo da criptografia. E isso explica pq o nome das moedas é criptomoedas

Se você não sabe o conceito de blockchain, dá uma lida nesse texto aqui

A maneira mais simples de escrever a diferença entre uma e outra é a seguinte:

Hot Wallets são conectadas à internet enquanto as Cold Wallets não são.

Quem deseja manter seus ativos em moedas digitais por mais tempo, praticando o que conhecemos como hold, é ideal investir em um armazenamento frio, devido a segurança que ele oferece.

As hot wallets são usadas para fazer transações, pagar conta, mas por estarem conectadas a internet, podem sofrer ataques hackers. Por isso é importante pesquisar quais são as melhores em relação  a segurança. 

Comparativamente, as carteiras quentes são como as contas correntes em bancos, enquanto as carteiras frias são semelhantes à poupança.

E a paper wallet?

Existem algumas formas de cold wallet e a paper wallet é um tipo. 

Basicamente, a paper wallet é uma forma de guardar moedas digitais e ainda realizar a sua impressão. As paper wallets podem ser criadas para as principais criptomoedas, desde que elas se utilizem de Blockchain ou similares.

Além da paper wallet, também tem Hardware Wallets, Desktop Wallet, USB Wallet.

Quer saber mais sobre elas? Comenta nesse post! 

Como faz para investir direto em criptomoedas?

  1. Crie uma carteira virtual
  2. Vincule a uma conta de banco tradicional
  3. Abra uma conta em uma exchange
  4. Faça a compra e venda dos ativos

O que é exchange?

É uma empresa onde você abre uma espécie de conta corrente. Você transfere o seu dinheiro via TED e depois disso pode participar do leilão de criptomoedas onde usuário compram moedas e vendem para outros usuários.

A cada transação, a exchange ganha uma comissão, assim como o Blockchain que valida a transação garantindo a veracidade das moedas.

Vantagens e desvantagens de se investir em fundo de criptomoeda ou diretamente via exchange

Um das vantagens de investir em criptoativos via fundo de investimento é que o investidor passa a contar com proteções regulatórias, além de dispor de mais simplicidade com questões tributárias e de custódia.

Por outro lado, investir em criptomoedas diretamente te permite ter um potencial de valorização alto, mas por ser muito volátil, a desvalorização também pode ser grande. 

Dessa forma, os fundos de criptomoedas contam com uma carteira selecionada por gestores qualificados, que se dedicam a buscar oportunidades entre milhares de criptomoedas disponíveis. Lembre-se são mais de 5.000 criptoativos. 

Entretanto, caso queira reaver seu investimento via fundo, alguns podem levar até 15 dias do pedido do saque. Se você investe em criptomoedas por meio de uma exchange e faz um pedido de saque, por exemplo, seu dinheiro geralmente cai em sua conta em 24 horas.

Outro ponto que deve se levar em consideração em relação aos fundos, são as taxas. Essas cobranças variam de 0,6% a 2% ao ano, dependendo da empresa e do fundo escolhido. Além das taxas de performance.

Para investir diretamente, tem diversas exchanges.  Caso você queira investir em fundos de criptomoedas, confira onde você pode encontrar os fundos

Corretoras que têm fundos de cripto

BTG

  • Criptoativos Discovery – público geral (varejo)
  • Criptoativos Explorer – Investidor qualificado
  • Criptoativos Voyager – investidor profissional

Daycoval

  • BLP Criptoativos FIM – público geral (varejo)

Easynvest

  • Criptoativos Discovery – público geral (varejo)

Genial

  • QR Blockchain Assets FIM IE – Investidor qualificado
  • BLP Criptoativos FIM – público geral (varejo)
  • Criptoativos Discovery – público geral (varejo)

Guide

  • QR Blockchain Assets FIM IE – Investidor qualificado
  • Criptoativos Explorer – Investidor qualificado

Hub

  • BLP Criptoativos FIM – público geral (varejo)
  • Criptoativos Discovery – público geral (varejo)

Modal

  • BLP Criptoativos FIM – público geral (varejo)
  • Criptoativos Discovery – público geral (varejo)

Necton

  • QR Blockchain Assets FIM IE – investidor qualificado
  • BLP Criptoativos FIM – público geral (varejo)

Órama

  • QR Blockchain Assets FIM IE – investidor qualificado
  • BLP Criptoativos FIM – público geral (varejo)
  • Criptoativos Discovery – público geral (varejo)
  • Criptoativos Explorer – investidor qualificado
  • Criptoativos Voyager – investidor profissional

Planner

  • BLP Cryptoassets FIM – investidor profissional

Vitreo

  • VTR QR Cripto FIM IE – investidor qualificado
  • CriptoMoedas – investidor qualificado
  • CriptoMoedas Light – público geral (varejo)

Warren

  • QR Blockchain Assets FIM IE – investidor qualificado

XP

  • Criptoativos Explorer – investidor qualificado

E para finalizar, algumas dicas para quem está começando nesse mundo:

1. Comece pequeno: 

É como entrar na piscina pela primeira vez. Ao invés de pular de cabeça, entre com o pé para ver temperatura da água e profundidade.

O mercado de criptomoedas é muito específico e tem uma dinâmica diferente do investimento em um banco/corretora.

2. Estude sobre o mercado

Como em tudo na vida, conhecimento te dá mais segurança. 

Entenda o conceito de blockchain e porque as criptomoedas são diferentes de outras moedas.

3. Saiba se você tem estômago para altas volatilidades.

Em 2017, o Bitcoin começou o ano na casa dos US$ 1 mil e chegou próximo de US$ 20 mil, voltando depois para quase US$ 3 mil no ano seguinte. Hoje, está próximo a US$ 19 mil.

As criptomoedas não tem nenhum ativo que suporte o preço, o que dita o valor da moeda é a lei da oferta e demanda e o fato de que existe um número limitado de moeda a ser emitido.

4. Ambiente desregulado x regulado

Se você for investir diretamente, estará em um ambiente sem regulamentação, ou qualquer tipo de fiscalização. Caso queira investir em fundos, você conta com proteções regulatórias

5. Não existe fórmula mágica para aumento de patrimônio

Se tiver qualquer menção a risco baixo ou retorno alto garantido, fuja! Risco é algo que faz parte da essência do mercado financeiro. Inclusive, tem um texto sobre golpe pirâmides e vou deixar aqui para você ler. 

Agora me conta: você já investe em criptomoedas? Já tem alguma experiência?

banner-real-valor
195 / 349

Leave a Reply

Required fields are marked