Fundo Multimercado: o que é e quais as suas vantagens

Você com certeza já ouviu falar de fundos de investimento em algum momento da sua vida. Fundo multimercado é a categoria de fundos de investimentos onde o gestor tem a maior liberdade para escolher os ativos.

Ainda não sabe como funciona um fundo de investimento? Recomendo que você comece por esse texto aqui então.

O que é um fundo multimercado

Fundos de renda fixa investem prioritariamente em renda fixa. Fundos de ações investem prioritariamente em ações.

Fundos multimercados por sua vez não precisam se concentrar em um tipo específico de ativos. Com isso, você encontrar as mais diversas estratégias em fundos multimercados.

Fundo multimercado faz sentido

Por que existem

Imagine que um gestor de um fundo de ações e que vê uma excelente oportunidade de fazer muito dinheiro apostando na alta do dólar. O que ele deve fazer para capturar essa oportunidade é investir em ações que se beneficiam da alta do dólar.

No caso de um fundo multimercado, o gestor poderia investir diretamente em dólar.

Esse é só um exemplo de como essa liberdade maior pode ser traduzida em maiores ganhos.

Fundos multimercados tem uma “regulação” mais abrangente por parte da CVM, fazendo com que possam se expor a oportunidades diversas de ganho de capital. Ele não tem nenhum limite de concentração de ativos (a menos que seja definido pelo próprio fundo no regulamento do fundo)

Tipos de fundos multimercado

Dentro de fundos multimercados, existem os que se especializam em alguma forma de investimento e os que são livres. Você com certeza já ouviu alguns dos nomes listados a seguir, mas provavelmente não sabia o que eles significavam.

Macro

São fundos que investem em diversas classes de ativos (renda fixa, renda variável, câmbio etc.) com estratégias de investimento baseadas em cenários macroeconômicos de médio e longo prazos.

O nome Macro vem de macroeconomia, que é basicamente o estudo de como a economia agregada se comporta. Os fenômenos mais comuns de serem anaalisados em macroeconomia são inflação, PIB, taxas de desemprego.

Já deu para perceber que os gestores desse fundo não olham para oportunidades em ativos isolados. Eles olham para o mercado como um todo.

Fundo Multimercado Verde

Exemplo de Macro: VERDE MASTER FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO

Trading

Como o nome já diz, os fundos de Trading tem como objetivo ganhar no curto prazo. Eles se focam também em diversas classes de ativos (renda fixa, renda variável, câmbio etc.), mas buscam oportunidades em movimentos curtos prazo de ativos para rentabilizar o fundo.

Exemplo de Trading: WESTERN ASSET MULTITRADING H MULTIMERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO

Long and Short Neutro

Long & Short é uma estratégia onde o gestor fica comprado em uma ação e vendido em outra (através de aluguel). Com isso, ele busca que os preços dos ativos se distanciem para ele fazer dinheiro.

Exemplo: Pense num caso onde o gestor acredite que a ação ABC vai subir e a ação XYZ vá cair. Por isso, ele decide comprar 100 ABC e vender 100 XYZ a pelo preço naquele momento. Na hora que for desmontar a posição, o que vai dizer o lucro ou o prejuízo é se a diferença entre os preços cresceu um diminuiu.

Se essa diferença crescer, você faz dinheiro. Até quando os dois ativos caem (desde que o ativo vendido caia mais do que o comprado). Se essa diferença diminuir, você perde dinheiro.

Cenários de ganho com long & short
Cenários de perda com long & short

No fundo Long and Short Neutro,o gestor não busca acertar se o mercado vai subir ou descer. Ele busca ativos que tendem a aumentar o distanciamento de preço entre eles, não importando se o mercado está caindo ou subindo

Exemplo de Long & Short Neutro: XP LONG SHORT FIC FIM

Long and Short Direcional

A diferença dos Long and Short Neutros para os Long and Short Direcionais é que no segundo caso, o gestor tem um viés quando monta o long &short. Dessa forma, ele se expõe mais em uma posição que ele acredita que vá se valorizar.

Eles costumam ter mais possibilidade de retorno e mais risco do que os neutros porque o gestor toma um partido.

Exemplo de Long & Short Direcional: VERSA LONG BIASED

Juros e Moeda

Fundos que buscam retorno através de investimentos em ativos de renda fixa, adimitindo estratégias focadas em juros, índice de preços e moedas extrangeiras.

Esses tipos de fundo não investem em renda variável

Livre

Os fundos livres não tem uma estratégia definida e pode investir de acordo com o que o gestor achar melhor. Se o gestor quiser investir em moedas, ações, fazer um long and short ou outra estratégia ele pode, sem problemas.

Capital protegido

Fundos que buscam retornos em mercados de risco procurando proteger, parcial ou totalmente, o principal investido.

Geralmente esses fundos ficam fechados depois do período de captação, fazendo com o que o dinheiro só possa ser resgatado após uma data preestabelecida.

Estratégia específica

Fundos que adotam estratégia de investimento que implique riscos específicos, tais como commodities, futuro de índice, crédito privado, etc.

Exemplo de Estratégia específica: MODAL LION FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CRÉDITO PRIVADO

Vantagens dos fundos multimercado

Estratégias avançadas

Fundos multimercado e suas estratégias

Uma das maiores vantagens de fundos de investimento é deixar um gestor profissional decidir como investir. No caso dos multimercados, existe um impulsionador dessa vantagem: esse gestor profissional tem mais liberdade para adotar estratégias avançadas.

Estratégias como Long & Short ou apostar em juros, por exemplo, não são fáceis de se implementar para um investidor pessoa física. Mas com fundos multimercados, eles tem a possibilidade de se expor a elas.

Retorno potencial

Se você for olhar os fundos que mais se valorizam ano após ano, geralmente verá multimercados no top 5. Isso acontece porque esse tipo de fundo tem muito mais liberdade para capturar oportunidades no mercado.

Um caso famoso de fundo multimercado que vem performando muito bem ultimamente (lembre-se, sempre devemos pensar em longo prazo) é o Versa Long Biased. Se por um lado nos últimos 12 meses ele caiu 12,74%, nos últimos 24 meses ele subiu 131% e nos últimos 36, 546%.

Multimercado com boa performance nos ultimos 36 meses

Diversificação

Os grandes gurus de investimento sempre falam que devemos diversificar os investimentos para minimizar risco. Os fundos multimercados são a melhor forma de diversificar a carteira quando o assunto é fundos.

Isso acontece porque eles não tem limites estabelecidos de investimento, como os fundos de ação (mínimo 67% investido em ações) ou fundos de renda fixa (mínimo de 80% investido em renda fixa).

Sendo assim, ao investir num fundo multimercado você consegue se expor, por a ações, renda fixa, juros, moeda, etc.

Desvantagens dos fundos multimercado

Volatilidade/Risco

Se por um lado os multimercados tem um potencial de retorno muito grande, eles também costumam ter mais volatilidade. Principalmente os fundos que trabalham alavancados.

Geralmente estão fechados

Fundos fechados

Quando um fundo começa a se sobressair por causa de rentabilidade, ele vira uma sensação. Todo mundo passa a querer investir nele. E isso traz um problema para o fundo.

Todo fundo tem um capacity, que é o maior tamanho que ele pode ter (patrimônio líquido) e continuar entregando ganhos de forma sustentável. Superando esse capacity, a gestão do fundo fica muito complicada porque geralmente começam a distorcer muito os mercados.

O que os fundos fazem é: quando o capacity é alcançado, o fundo é fechado para novos aportes. E isso significa que geralmente os fundos que tem os melhores gestores e que entregam as maiores rentabilidades estão fechados. É o exemplo do famoso Fundo Verde, que já bateu mais de 15.000% desde que foi criado em 1997.

Liquidez

Por terem estratégias avançadas de investimento, os fundos multimercados geralmente tem prazos de liquidez maiores do que outros fundos. Contanto que você balanceie bem a sua carteira de investimentos, isso não deve ser um problema.

Reservas de emergência devem ter maior liquidez e devem ser alocadas em renda fixa. Tão importante quanto balancear ativos é balancear liquidez para ter uma reserva, mas também se expor a rentabilidades maiores de longo prazo.

Quer saber mais sobre balanceamento de carteira? Clique aqui.

Come-cotas

O come-cotas é uma forma do governo brasileiro tributar fundos de investimento. Ele entra em ação no final de maio e de novembro e faz com que o costista pague a menor alíquota do imposto de renda para aquele determinado fundo antecipadamente na forma de cotas.

Come cotas diminui a rentabilidade

Como a grande vantagem de investimentos são os juros compostos, ter retiradas antecipadas por causa de imposto de renda acabam piorando a rentabilidade do fundo.

Quer ver quanto o come-cotas é capaz de afetar a rentabilidade de um fundo? Pense nesse exemplo: uma pessoa investe R$10.000 num fundo que rende 10% ao ano ao longo de 5 anos. O gráfico abaixo mostra a diferença de rentabilidade no resgate entre ter ou não come-cotas.

Diferença de ter come-cotas
Diferença que o come-cotas faz na rentabilidade

Para quem é indicado?

Os fundos multimercados são indicados para investidores de longo prazo que querem se expor a estratégias avançadas de investimento.

Geralmente eles são uma boa opção para quem quer fazer uma determinada estratégia e não tem tempo ou conhecimento para fazer sozinho.

Assim, ele “terceiriza” essa função para o gestor do fundo É importante que o investidor pense no longo prazo porque:

  • Vai ter volatilidade no meio do caminho e isso é normal para fundos multimercados
  • A liquidez de multimercados geralmente é maior do que de fundos normais.

#PraPreguiçosoLer

Pra preguiçoso ler

O que é um multimercado?

Fundo multimercado é o mais livre dos fundos. Eles não tem limitações como os fundos de ação (investir no mínimo 67% em ações) ou como os de renda fixa (investir no mínimo 80% em renda fixa). Sendo assim, são os fundos que conseguem usar estratégias mais avançadas. Eles são divididos em vários tipos.

Quais os tipos?

  • Macro
  • Trading
  • Long & Short Neutro
  • Long & Short Direcional
  • Juros e Moedas
  • Livre
  • Capital protegido
  • Estratégia específica

Por que investir em um?

Para ter um gestor profissional dedicado 100% do seu tempo a escolha dos melhores ativos para se investir, usando uma estratégia avançada de alocação.

Quem deve investir num multimercado?

Investidores que pensam em longo prazo e que querem se expor a estratégias diferenciadas de investimento.

74 / 75