fbpx
Usar de graça Acesse sua conta

O que é subscrição e como acompanhar pelo Real Valor

A subscrição é um evento corporativo que dá o direito do investidor de adquirir novas ações a um valor pré determinado. 

Quer acompanhar suas subscrições e não sabe por onde? Clique aqui!

Se você já acompanha e está com dificuldade de acompanhar sua subscrição pelo Real Valor, veja aqui!

Mas por que isso acontece?

Uma empresa tem capital social inicial de R$ 100 milhões e emitiu inicialmente 100.000 ações. Você comprou 1.000 ações dessa empresa. Assim, você se tornou dono de 1% do negócio.   

Vamos imaginar o seguinte cenário.

Acontece que essa mesma empresa decide aumentar seu capital social. 

Os motivos podem ser diversos: expandir ou iniciar operação em outra localidade, fazer aquisições, entre outros.  Para isso, a empresa vai emitir mais 50.000 ações no mercado para levantar novos recursos.

Com o aumento do número de ações para 150.000, a sua participação, que antes era de 1%, passou a ser de 0,66%. (1.000/150.000)

É aí que entra a subscrição.

Ela é um direito de comprar novas ações emitidas pela empresa antes do resto do mercado. Esse direito é dado a quem já é sócio dessa empresa. Esse investidor pode comprar ou não a subscrição.

Quando vale a pena a subscrição?

não-sei-quando-vale-a-pena-subscrição-blog-real-valor

Evitar uma diluição na participação acionária;

Como mostrei no começo do texto se a empresa decide aumentar o capital social emitindo novas ações, mas você não subscrever, a sua participação na empresa vai ser diluída, ou seja, seu percentual de papéis vai diminuir.

Qual o problema disso?

Bom depende do seu objetivo! Se  você quer ter direito de voto ou ter uma participação mais ativo, essa diluição te impacta. 

Mas se essa não a sua meta, isso não muda muito a sua vida. Na verdade, as pessoas olham mais para subscrições como uma oportunidade de comprar ações que já tem na carteira mas com um valor mais baixo. 

Comprar ações com desconto;

Geralmente os valor oferecidos na subscrição são abaixo do mercado. Isso faz com que o seu preço médio diminua e você pode ter um pequeno ganho de capital quando as ações valorizarem. 

Mas não diga sim à subscrição sem avaliar caso a caso.

Entenda se as perspectivas para a empresa. Se não forem as melhores ou não estiverem alinhadas com sua estratégia, talvez a subscrição não seja uma boa ideia. Inclusive, você pode considerar deixar de ser acionista da empresa por completo. 

Algumas características da subscrição

A subscrição não é uma obrigação. A subscrição é um direito que o acionista tem de comprar um ativo por um valor pré determinado; 

A subscrição é um contrato e tem vencimento. Se você receber a oferta e tiver interesse em uma subscrição, deve ficar bastante atento aos prazos estabelecidos. 

Ou seja, se o vencimento passar, a subscrição passa a valer zero. O que significa que se você comprou o direito de subscrição e se esqueceu de exercer, você perdeu o dinheiro investido nessa subscrição

Para adquirir uma subscrição você pode comprar via home broker ou ganhar uma subscrição como bonificação; 

Geralmente ela tem um ticker diferente da ação. Por exemplo: ITSA3 tem subscrição ITSA1.

Esse código significa subscrição. Ele tem um preço e precisa ser exercido antes do vencimento, se não vira pó.

Você também pode vender uma subscrição: nesse caso você está vendendo para um outro investidor o direito de comprar o ativo pelo valor determinado no contrato. 

Na data de vencimento você pode exercer o direito de compra e de fato comprar o ativo pelo valor pré determinado ou se o você não realizar seu direito de subscrição até a data determinada pela empresa, a empresa considera que você não quis participar e o contrato expira. 

Acompanhando sua subscrição pelo app Real Valor

Muitos usuários pediram e agora você já pode acompanhar a sua subscrição no aplicativo do Real Valor. Como é uma funcionalidade nova, ainda estamos fazendo melhorias conforme os feedbacks vão chegando.

Para inserir no aplicativo é muito simples:

Adicionar > Nova transação > Novo Investimento > Subscrição > Preencher com os dados da sua subscrição.

Agora que você já sabe inserir manualmente, preciso te falar algumas coisas. 

Informações importantes sobre as subscrições no app do Real Valor

Se você tiver feito a compra da subscrição via home broker e ela estiver em nossa base, ela será importada automaticamente. Basta sincronizar com o CEI. Veja aqui como fazer.

Se você tiver ganhado a subscrição como bonificação, é preciso inserir manualmente. O CEI registra transações e quando você ganha, o sistema não entende como transação. 

As subscrições são contratos temporários e depois que ele vence, deixa de existir. Por isso, neste momento temos cadastradas as subscrições mais conhecidas e de longuíssima duração. Em breve, vamos ampliar essa base. 

Se por acaso a subscrição que você tem não estiver na base, você pode colocar o ativo final com o valor que será comprado. Quando você for colocar a data, insira a data atual e na data de vencimento é só editar a data da transação.

Quando uma subscrição é integralizada no app da sua corretora ou banco, você precisa adicionar manualmente o ativo final com o valor que você comprou. A nossa ideia é ter integralização, mas ainda não é possível. 

Se você fizer a venda da sua subscrição, basta ir em Ativos > Desempenho > Procurar a subscrição > Adicionar Venda > Preencher as informações pedidas

Se você ainda tiver algum problema em relação a sua subscrição você pode falar no nosso Use Response ou se precisar de uma ajuda mais específica conheça o suporte premium do Clube Real Valor.

banner-real-valor
184 / 189