fbpx
Usar de graça Acesse sua conta

Por que as altcoins estão deixando bitcoin no chinelo?

Esqueça bitcoin, tem uma lista de altcoins que já entregou 2.250% de valorização em 4 anos. Isso mesmo que você leu… e a melhor maneira de se posicionar em criptomoedas é saber em quais entrar para surfar a onda. Entenda.

Imagino que você já esteja cansado de escutar sobre o bitcoin. Desculpe caso eu esteja sendo repetitiva, mas é que não dá para ignorar o desempenho deste ativo nos últimos meses. Como você deve saber, o BTC foi eleito o investimento mais rentável de 2020.

De 09 de abril de 2020 até 07 de abril de 2021, a criptomoeda teve uma rentabilidade de 766.19 %

Essa valorização foi o “pontapé” para que ele finalmente fosse levado a sério. Enquanto boa parte das ações da bolsa de valores brasileira teve retorno negativo devido à pandemia do coronavírus, o bitcoin não parou de subir.

E ainda bateu sucessivos recordes… Foram tantas notícias rodeando o bitcoin que o ativo logo chamou a atenção dos “peixes grandes”.

Em pouco tempo, assistimos à onda de investidores institucionais investindo no bitcoin. 

Quando digo isso quero dizer gente com muito dinheiro, instituições financeiras, empresas de tecnologia e até mesmo os bancões mais tradicionais. Esse é, provavelmente, um dos motivos para que você tenha ouvido falar tanto assim do BTC nos últimos meses. Ele se tornou uma celebridade.

Analista do mercado e especialista em criptomoedas, André Franco, acredita que o bitcoin é só a “ponta do iceberg”. Ele acompanha o segmento há um bom tempo e sabia que quando o bitcoin se tornasse notícia, as criptomoedas “escondidas” por trás dele surfariam uma super onda de valorização

Mas se por um lado o bitcoin está fazendo sucesso, há investimentos “nos bastidores” com valorizações ainda maiores. Estou me referindo às altcoins

Enquanto o bitcoin entregou 420% em reais em 2020, veja a valorização dessas criptos no ano passado:

  • BAND: +2.624%;
  • YFI: +2.636%;
  • LINK: +604%;
  • XEM: +539%.

Essas são apenas algumas.  Como você pode ver o bitcoin é só o começo… Por trás dele há outras moedas digitais fora do radar rendendo muito mais. 

Com isso em mente, André montou uma carteira apenas com as criptomoedas que poderiam se beneficiar do “boom” do bitcoin em 2017. Para você ter uma ideia do que estou dizendo, quem investiu em algumas criptos específicas transformou R$ 100 em R$ 2.350  em quatro anos. Foram 2.250% de valorização no período.

QUERO PEGAR A NOVA ONDA DE VALORIZAÇÃO DO BITCOIN

Você não precisa de muito dinheiro para começar a investir em criptomoedas

O que irá determinar o seu sucesso com as criptomoedas são escolhas assertivas e o timing. E acredite, não poderia haver momento melhor para você se posicionar nas moedas digitais. Veja:

1. Os investidores institucionais estão “atacando”

Há quatro meses, eles apenas estavam dando votos de confiança para a moeda, mas agora o jogo ficou mais acirrado.

Os gigantes estão entrando de cabeça e já compraram boa parte das reservas de bitcoin. Para você ter uma ideia, das companhias listadas em bolsa, a MicroStrategy lidera o ranking com a posse de 91.326 bitcoins, o equivalente a mais de US$ 5 bilhões.

Não muito atrás dela, a Tesla, do bilionário Elon Musk, também entrou para a corrida em fevereiro de 2021 e anunciou o investimento de US$ 1,5 bilhão no BTC. No momento em que escrevo, a quantia já foi para US$ 2,6 bilhões em menos de dois meses. Dá para acreditar? Isso sem contar as empresas que passaram a aceitar o bitcoin como forma de pagamento. Já pensou em fazer compras online e pagar com bitcoin? Estamos falando de uma revolução.

Até o fim de março, já havia 1,3 milhão de bitcoins nas mãos dos “peixes grandes”, o equivalente a US$ 75 bilhões. E com todo esse dinheiro sendo injetado, André avalia que o BTC pode atingir tranquilamente uma multiplicação de 5 a 10 vezes este ano. E o atual ciclo nem começou… 

2. O novo ciclo de alta pode alcançar os US$ 100 mil

Em uma postura bastante conservadora, André acredita que o bitcoin pode chegar a valer US$ 100 mil ainda em 2021. Para os mais arrojados, pode-se pensar até em US$ 200 mil… E o motivo disso é que estamos entrando em um novo ciclo de alta da moeda, que teve início em 11 de maio de 2020, data do último halving.

Para quem não está familiarizado com o termo, o halving é uma evolução programada do bitcoin, que faz a quantidade produzida cair pela metade a cada quatro anos. Todo vez que ocorreu um halving a consequência foi a seguinte: a produção de bitcoin diminui e um novo ciclo de valorização começou. Veja só:

  • No primeiro halving, em novembro de 2012, o bitcoin se valorizou em 8.438% nos 12 meses que passaram; 
  • No segundo halving, em julho de 2016, a valorização foi de 2.875% 12 meses depois da realização.

Fonte: mesari.io e Empiricus

Agora nós estamos na zona de valorização do terceiro halving. Não há como saber se os números serão maiores ou menores do que os anteriores, 

Mas se você quiser pegar essa valorização, precisará ser rápido. A produção do bitcoin é limitada e um dia simplesmente irá parar. E, como se não bastasse a oferta cada vez menor, ficou mais fácil comprar bitcoins. Então acredite: não vai ter pra todo mundo. Só quem se posicionar o quanto antes vai ter a chance de pegar a próxima onda. 

3. Tem muito dinheiro sendo injetado na economia

Há uma “força-tarefa” dos Bancos Centrais no mundo inteiro para imprimir dinheiro. Mas a medida, embora tenha sido criada com o intuito de conter a crise econômica causada pelo coronavírus, acabou beneficiando ainda mais o bitcoin.

Foram impressos trilhões de dólares, euros, yuans, reais… E esse volume histórico de impressão de dinheiro está ocasionando a maior expansão monetária que já se viu. Há dinheiro “sobrando” no mundo e os investidores não estão perdendo tempo para aplicá-lo no bitcoin. 

O que fazer com todas informações que você acabou de ter?

Eu sei, é muita informação e a gente fica meio perdido para saber o que fazer nessas horas. Por isso, o André, analista e especialista em criptomoedas, montou uma  nova lista de criptomoedas com potencial para explodir de valor nos próximos meses. Além disso, ele também conseguiu uma parceria inédita com o Mercado Bitcoin, uma das maiores exchanges brasileiras, ou seja, “corretoras” onde é possível negociar criptomoedas.  

Irá funcionar da seguinte forma: quem concordar em seguir as recomendações do André e se expor aos lucros exponenciais das criptomoedas que ele selecionou para este ano, ganhará até R$ 100 em uma conta do Mercado Bitcoin para começar.

Na verdade, o dinheiro será administrado por você.

Se quiser, pode resgatá-lo e usá-lo para outros fins. Mas se for por esse caminho, os R$ 100 irão embora na mesma facilidade com que vieram… Eu imagino que se está lendo até aqui, não é isso que você quer.

Com esses R$ 100, André avalia que você pode buscar ganhos ainda mais expressivos com as criptomoedas. E ter a chance de transformá-los em R$ 250, R$ 500, R$ 1.000, até lucros de R$ 23 mil, R$ 117 mil, R$ 587 mil, como já aconteceu em vezes anteriores.

Você terá acesso a lista de criptomoedas que ele preparou para surfar a próxima onda de valorização do BTC por 7 dias gratuitos. Não apenas à lista como também aos relatórios exclusivos, plantões de dúvidas e cursos especiais sobre essa classe de ativos. Está tudo lá, com livre acesso para consulta… 

E se depois do período de degustação você não gostar do que viu, não tem problema. Basta solicitar o cancelamento e 100% de reembolso. É sem burocracia e ninguém vai te questionar o porquê está desistindo… Pode ficar tranquilo.

Mas se gostar das indicações e quiser investir em criptomoedas com todo o respaldo do André, tenho uma boa notícia para te dar.

QUERO DESTRAVAR O MEU ACESSO NO CRYPTO LEGACY E RECEBER ATÉ 100 REAIS PARA COMEÇAR A INVESTIR NAS CRIPTOS DO ANDRÉ AINDA HOJE

Para se tornar um assinante da série Crypto Legacy e ganhar até R$ 100 de crédito no Mercado Bitcoin, você só vai precisar pagar 12x de R$ 6. É um valor simbólico, praticamente nada perto do que você pode ganhar com as recomendações que estão na lista do André. 

Espero que goste das recomendações dele. Depois que investir, você pode acompanhar pelo Real Valor através da importação automática do Mercado Bitcoin. Veja tutorial aqui

O Real Valor está disponível para IOS, Android e na web também.

banner-real-valor
240 / 243