fbpx
Usar de graça Acesse sua conta

Por que tem empresa com prejuízo e o valor da ação continua subindo?

É um título de texto que talvez não faça sentido a primeira vista, né? 

O primeiro pensamento que temos quando vemos que uma empresa está tendo prejuízo, é que provavelmente ela não está lá muito bem das pernas. 

Por que então tem empresa que tem prejuízo e o valor da ação continua subindo? 

Antes de tudo, acho importante saber como as ações são precificadas.

Precificação das ações

Os investidores mais experientes já sabem e geralmente utilizam dados fundamentalistas para fazer uma análise das empresas e chegar no valor da ação delas. 

Existem vários modelos de como fazer o valuation, mas a ideia principal é encontrar um preço justo de uma ação.

Quanto mais previsível a empresa for, mais fácil fazer o valuation.

Por exemplo, se você abre uma padaria, dá para ter uma noção boa de qual o valuation dela, porque você consegue ter uma noção de previsão de receitas.

Ou seja, uma padaria é um negócio previsível. Existem milhares de padarias espalhadas pelo mundo. Todas elas fazem mais ou menos a mesma coisa.

Ações de empresas como bancos, siderúrgicas, petroleiras, etc são como a padaria do exemplo acima. É menos complicado de definir o valuation.

O que determina esse preço no final das contas é entender qual o potencial de ganhos futuros e trazer a valor presente. 

Ou seja, as expectativas dos ganhos futuros são cruciais na determinação do preço do preço justo das ações. E assim, determinar o preço das ações.

Ao determinar o preço justo de ações, esse número é usado como uma referência para o investidor saber se vende ou compra uma ação.

Se a marcação a mercado no dia estiver abaixo do preço justo, o lógico a se fazer é comprar. Logo, se estiver acima, supostamente devemos vender. (às vezes não é tão lógico assim, mas isso é tema para outro post

Alguns fatores podem interferir nesse preço que foi determinado anteriormente. Um deles é o aumento ou quebras de expectativa. 

E isso acontece a todo momento, porque o mercado é volátil. Uma notícia, ou algum evento pode impactar todo um setor e por isso que é importante estar sempre antenado no que está acontecendo no mercado. 

Outro fator que impacta no valor das ações é a dupla oferta e demanda. 

Se você tem mais gente querendo comprar um ativo, mais escasso ele fica, logo mais ele se valoriza e aumenta o preço. Se você tem mais ativo sendo ofertado do que pessoas querendo comprar, o preço tende a cair.

Mas uma coisa que é muito importante olhar é o lucro da empresa.  

Como explicar empresas que têm prejuízo e ainda assim o valor da ação aumenta?

Precisamos falar sobre curto prazo e longo prazo. 

Olhar para a bolsa todo dia, todo momento, querer saber qual ação vai subir ou cair não vai te trazer a informação que você está procurando.

Você vai ter um retrato do curto prazo do que está acontecendo pelo temperamento do mercado financeiro. O curto prazo, e aqui a gente pode falar em um período de até 1 ano, mostra o que está hypado ou não. 

Se o seu objetivo é tentar ganhar dinheiro com day trade, talvez valha a pena, mas se a sua estratégia é investir em empresas que vão te trazer maior retorno, é essencial olhar para o longo prazo.

E aí você precisa ir atrás de empresas que lucram. 

O preço de uma empresa está intimamente ligado ao lucro. Se você olhar o gráfico de lucro e o gráfico da ação, eles têm uma correlação entre si.

Confira alguns exemplos:

A linha preta são os lucros e o gráfico em laranja, o preço da ação. 

fonte: https://comoinvestir.thecap.com.br/como-identificar-valorizacoes-bolsa-de-valores/
fonte: https://comoinvestir.thecap.com.br/como-identificar-valorizacoes-bolsa-de-valores/
fonte: https://comoinvestir.thecap.com.br/como-identificar-valorizacoes-bolsa-de-valores/

Pelos gráficos a gente percebe que existem oscilações de preço sim, porque pode sair uma notícia ou acontecer algum evento muito extraordinário que faz com que o preço caia no curto prazo, mas se você olhar no período de 5 anos, 10 anos, é o lucro que manda e a ação acompanha o resultado. 

No longo prazo, se uma empresa não dá lucro, não tem como ser uma empresa saudável.

Por que então tem empresa hypada com prejuízo?

No curto prazo tem muita empresa hypada, que não está dando lucro, mas pode ter potencial de ganhos futuro muito alto. 

No começo do texto, falamos sobre o valuation de empresas previsíveis, mas quando você vai para o outro lado do espectro, para empresas altamente imprevisíveis, como startups, o valuation fica muito mais complexo.

Como se precifica uma empresa como a Uber?

Diferentemente de bancos, siderúrgicas, petroleiras, etc. nunca existiu uma empresa como a Uber antes. Daqui a 5 anos, ela pode estar mais focada no Uber Eats, em carros autônomos ou em alguma outra coisa que nem sabemos ainda.

Como você faz um valuation de uma empresa dessas que você não sabe nem o que vai estar acontecendo daqui a 5 anos?

Nesse espectro é muito mais fácil achar empresas que tem prejuízo, mas o preço da ação continua subindo. 

Se o investidor fosse fazer um valuation clássico, não compraria. 

Mas não faz sentido usar um valuation clássico para negócios disruptivos e sem precedentes históricos, como Netflix, Uber, Spotify, etc.

Caso Amazon

Sabemos que o lucro acontece quando as receitas são maiores que os custos.

A Amazon ficou 14 anos sem lucro, porque os custos e investimentos na época eram maiores do que o dinheiro que entrava. Porém, antes mesmo de dar lucro, o preço das ações da Amazon já eram altos, depois que começou a dar lucro as ações foguetaram.

No dia 15 de maio de 1997 a Amazon dava início aos negócios com suas ações ao preço de US$ 18 (após os ajustes destes anos, seriam US$ 1,96).

Em uma entrevista em 2017, Jeff Bezos falou:

Eu peço a todo mundo para não pensar em períodos de dois ou três anos, e sim em períodos de cinco a sete anos. Quando alguém parabeniza a Amazon por um bom trimestre […] eu digo: ‘obrigado’. Mas o que estou pensando comigo mesmo é […] ‘esse resultado trimestral na verdade foi preparado 3 anos atrás’. Hoje, estou trabalhando num trimestre que vai acontecer em 2020, não no próximo trimestre. O próximo trimestre, para todos os fins práticos, já está feito e provavelmente já está feito há uns dois anos. Se você começa a pensar assim, isso muda como você gasta o seu tempo, como você planeja, onde você coloca sua energia, sua capacidade de antecipar pontos cegos, tudo melhora”.

Jeff Bezos

Por isso, é importante sempre olhar os fundamentos da empresa, o potencial de ganho, se o modelo de negócio é vencedor e quais são as estratégias que os gestores da empresa pretendem se guiar para fazer a empresa prosperar. 

Agora, se uma ação está subindo, não tem um potencial claro de ganhos futuros e ainda dá prejuízo, ligue a o sinal de alerta e saia correndo, porque em algum momento vai ser catástrofe.

Concluindo

Na bolsa, no longo prazo, o preço da ação segue o lucro. 

Se uma empresa está com valor de ação alto mesmo com prejuízo, entenda quais são os potenciais da empresa e se vale a pena para sua estratégia de investimento. 

Não se engane pelo curto prazo tentando adivinhar se a bolsa sobe ou desce hoje, qual ação vai subir esse mês ou mês que vem. 

Entenda o longo prazo com maiores chances de retorno. 

169 / 171