Sabe a Vivara? Aquela rede de joalherias… Ela vai fazer um IPO. Você sabe o que é e como funciona um IPO?

Então chegou a hora de descobrir!

Antes, é válido dar uma pincelada num outro assunto: a diferença entre uma empresa de capital aberto e uma empresa de capital fechado.

Empresas de capital aberto

Qualquer um que comprar uma ação dela passa a ser sócio. Como existem muitos sócios que precisam saber o que está acontecendo dentro da empresa, elas são obrigadas a prestar uma série de informações sobre ela mesma ao mercado e são reguladas pela CVM.

Empresa de capital fechado

Quando a empresa é fechada, ela não tem ações negociadas na bolsa de valores e também não precisa prestar contas à CVM. Geralmente as pequenas empresas são fechadas, porque é bastante caro se manter na bolsa, além de burocrático.

Mas vamos ao assunto. O que é um IPO?

IPO significa Initial Public Offering, ou, em português, Oferta Pública Inicial. É quando uma empresa estréia na bolsa de valores, fazendo com que investidores consigam comprar suas ações.

Mas eu acabei de falar que para se manter na bolsa é caro e burocrático. Então porque tem empresa querendo ir nessa direção?

Vantagens de fazer um IPO

1- Captação

Numa abertura de capital, a empresa costuma captar grandes somas de dinheiro para ser usada no crescimento da própria empresa. No caso da Vivara, eles estão esperando levantar entre R$1,65 bilhões e R$2 bilhões.

As outras possibilidades que ela tinha de captar dinheiro jamais chegariam a essas somas:

1- Empréstimo em banco. Nenhum banco brasileiro tem R$ 2 bilhões para emprestar assim (tirando o BNDES, mas isso é um outro assunto).
2- Investidores privados. Apesar de ser uma forma comum de se levantar dinheiro para empresas, quando o valor começa a ficar muito grande, essa prática começa a ficar inviável.

2- Credibilidade da marca

Ter a empresa listada em bolsa significa que ela passa por uma série de obrigações organizacionais, o que geralmente eleva o nível de governança.

Sendo assim, empresas abertas em bolsa geralmente tem maior credibilidade entre clientes.

IPO como termômetro

O número de IPOs num país também é um bom termômetro para a economia

Quando a economia vai mal, os preços das ações ficam depreciados, fazendo com que não valha a pena o custo e burocracia para abrir capital, porque a empresa vai captar quantias pequenas.

Você vê isso claramente no Brasil em 2014 e 2015. Cada ano contou com apenas 1 IPO.

Já quando a economia vai bem, é comum ver um grande número de IPOs acontecendo. Nos Estados Unidos, tem sempre uma empresa abrindo capital.

Só esse ano, empresas como Uber, Lyft, AirBnb fizeram IPO lá nos EUA.

Conseguiu entender o que é um IPO? Quer saber do lado do investidor se vale a pena ou não investir num IPO? Deixa o comentário aqui embaixo falando!