« Back to Glossary Index

Você já se encontrou em uma situação na qual não sabia se comprava ou alugava um bem?

Arrendamento de automóvel

Sabemos que alugar acaba saindo mais barato justamente porque pagamos pelo uso, mas temos algumas restrições com relação ao que podemos fazer com o bem. Quando compramos, por outro lado, pagamos mais caro, mas nos tornamos proprietários do bem e temos a liberdade para fazer o que bem entendermos com ele.

E se eu te falasse que existe uma operação que age como uma compra e um aluguel ao mesmo tempo? Isso mesmo!

Essa operação se chama arrendamento.

O que é arrendamento?

O arrendamento é um acordo, uma negociação entre duas partes. Sendo direto, um proprietário entrega um bem e os seus direitos de uso para outra pessoa durante um tempo determinado, em troca de uma remuneração semestral, mensal ou até mesmo anual.

Acordo de arrendamento

Por ser um acordo simples e que trás benefícios para as duas partes, essa operação é muito procurada, ainda mais quando o bem se trata de veículos e imóveis. Ela é uma ótima opção quando uma alguém precisa alugar algo e tem a intenção de compra no futuro.

Vamos dar nome aos bois. Como dito ali em cima, no arrendamento existem dois protagonistas:

  • Arrendatário: Pessoa que vai desfrutar do bem.
  • Arrendador: Dono do bem, que cede os direitos de uso ao arrendatário

Quando o arrendatário recebe os direitos de uso, ele passa a ser o responsável por todas as despesas que esse bem possa gerar.

O que diferencia arrendamento de aluguel?

Você já deve ter percebido que o arrendamento é bem parecido com um aluguel comum né? Apesar de algumas semelhanças, os dois processos são distintos.

What

O que diferencia é que, além de existir uma opção de compra no final do contrato do arrendamento, ou seja, o valor pago periodicamente pode ser usado para diminuir o valor final da compra!

Vamos ver alguns tipos de arrendamento.

Comercial

É o processo em pontos comerciais. Um proprietário – de uma loja ou estabelecimento – cede ao arrendatário os direitos comerciais de um imóvel, em troca do pagamento de um aluguel.

Rural

Passando para o meio rural, essa operação consiste em um arrendatário recebendo os direitos de utilizar uma propriedade rural. Um exemplo disso seria em produções agrícolas e atividades semelhantes.

Mercantil

Bem semelhante ao financiamento, essa é a modalidade mais famosa da operação, também conhecida como Leasing. Ela se dá quando o arrendatário recebe um bem de um banco ou uma sociedade mercantil.

Além disso, o arrendatário é responsável por pagar de forma parcelada em com juros – que são menores do que em um financiamento comum.

Arrendamento de Royalties

Por fim, os arrendamentos também podem envolver inovações, direitos autorais e patentes.

Nesse caso, normalmente um dono dos direitos é incapaz de financiar uma comercialização do seu bem. Por isso, ele opta por arrendar esses direitos do bem para outra pessoa, que paga royalties por um tempo definido.

Vantagens do Arrendamento

Beleza, mas quais as vantagens de ser fazer um arrendamento? Vamos olhar pelas duas partes.

Quando você é um arrendador, ou seja, o responsável por ceder os direitos para outra pessoa, a transação é uma forma de você ter uma rentabilidade e possivelmente vender o bem em questão.

Se colocando no lugar do arrendatário dessa vez, a operação é uma forma mais econômica de comprar um bem. Você começa pagando pelo uso dele e, caso a experiência tenha te agradado, você tem a opção de compra com todo o valor anteriormente pago já abatido.

« Back to Glossary Index