« Back to Glossary Index

Alguma vez você já deve ter se deparado com a sigla BRL, especialmente se compras internacionais for um hábito seu. Muitas pessoas acabam pensando que esse código tem relação com alguma definição complexa ou estrangeira, mas na realidade BRL faz referência ao Real.

O que é BRL?

Isso mesmo! Essa sigla nada mais é que uma representação da nossa moeda atual, o “Real Brasileiro”. Algumas pessoas podem até se confundir pensando que “R$” é o nosso código monetário, mas na Real – me perdoem a piada -, ele é simplesmente o símbolo da moeda.

BRL nada mais é que o Real Brasileiro

Esse código consiste em uma projeção da moeda Real e é muito usado por estabelecimentos que vendem produtos, principalmente em sites. É importante entender que o valor em BRL não é precisamente o valor na nossa moeda. Ele é apenas uma estimativa do quanto um determinado produto custaria no Real Brasileiro.

Por que BRL é diferente do Real?

Essa é uma pergunta muito comum e simples de entender, vem comigo.

Vem que eu te explico o que é BRL

O valor de um produto em BRL pode variar em diferentes sites por 2 principais motivos:

O primeiro, claro, é que alguém pode estar tentando vender o produto por um preço um pouco mais alto.

Já o outro é relacionado com a cotação utilizada por cada página, que nem sempre é a mesma dos bancos e operadoras.

No momento em que você usa o cartão de crédito, o estabelecimento tem até 7 dias para fazer todo o processo de compra e, só depois desse processamento, é possível ver quanto foi o valor do produto.

Mas calma! O valor do dólar que vai ser usado é aquele referente no momento da compra, ou seja, qualquer variação ao longo desses 7 dias não influenciará na hora da conversão do gasto.

Como evitar surpresas com o BRL?

Uma simples ação que pode te ajudar a não ter surpresas na fatura do seu cartão é fazer as compras internacionais na moeda original do produto.

Tente sempre visualizar o preço de um produto na moeda original que ele for vendido, como Dólar ou Euro por exemplo.

Alguns sites acabam fazendo a conversão automática para BRL. Nesse caso, é importante procurar nas configurações da página as opções para visualizar os valores em outra moeda.

Tirar o BRL nas configurações do site

Código monetário de outras moedas

Além do Real, o brasil já teve diferentes moedas. Cada uma delas tinha o seu próprio código, todas diferentes de BRL. Olha alguns exemplos:

  • Cruzeiro (1970 – 1986): BRB
  • Cruzado (1986 – 1989): BRC
  • Cruzado Novo (1989 – 1990): BRN
  • Cruzeiro (1990 – 1993): BRE
  • Cruzeiro Real (1993 – 1994): BRR

E é claro, da mesma forma que o Brasil tem o seu próprio código monetário, outros países também têm os seus. Vou mostrar alguns:

  • Dólar Americano: USD
  • Euro: EUR
  • Libra Esterlina: GBP
  • Rúpia Indiana: INR
  • Dólar Australiano: AUD
  • Dólar Canadense: CAD
  • Dólar Singapurense: SGD
  • Franco Suíço: CHF
  • Ringgit Malaio: MYR
  • Iene Japonês: JPY
  • Yuan Renminb Chinês: CNY

Comprar moeda não é exatamente investir

Investir é quando aplicamos uma quantia de dinheiro com intenção de obter ganhos por um prazo determinado, ou seja, um rendimento sobre o dinheiro investido, como juros, dividendos e lucros. A partir do momento que você investe em um ativo, você espera um retorno do valor investido.

Mas aí você vai me perguntar: ué, mas se eu comprar por exemplo o dólar a R$ 3,00 e daqui a um mês ele passar a valer R$ 5,00 e eu vender, eu vou ganhar dinheiro. Isso não é considerado investir?

Não!

Na verdade isso é considerado especular, que é parecido com investir, mas mais focado em ganhos de curto prazo. Quer saber mais sobre esse assunto? Confere aqui!

Além disso, investir e diversificar a sua carteira de forma internacional é importante e você pode acompanhar seus investimentos de perto pelo aplicativo do Real Valor?

Disponível para Android, IOS e na Web, 100% de graça!

« Back to Glossary Index