« Back to Glossary Index

O que é?

O Diagrama de Pareto nada mais é que um recurso gráfico, muito utilizado por diversas empresas, que representa as principais causas responsáveis por gerar problemas de produtividade, feedbacks dos clientes, defeitos, erros, etc.

Normalmente, os diagramas possuem o seguinte formato:

Diagrama de Pareto genérico

Objetivo do Diagrama de Pareto

A partir dessa representação gráfica, essa metodologia tem como objetivo priorizar as soluções a serem tomadas para reduzir um impacto com maior eficiência. Ficou confuso? Vamos trazer um exemplo:

Tenho um amigo chamado Pedro que é dono de uma pizzaria na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Em abril de 2019, ele se deparou com uma baixa nas suas vendas presenciais e estava com dúvidas sobre o que fazer para reverter esse cenário. Seu maior objetivo era bater as vendas do mês passado.

Pedro sempre acreditou que suas pizzas possuíam um ótimo custo-benefício, mas estava disposto a reduzir seus lucros para torná-las mais atrativas aos clientes. Antes de tomar qualquer decisão, Pedro resolveu lançar uma pesquisa de satisfação do restaurante aos seus últimos clientes e organizou os feedbacks negativos em uma planilha para fazer uma análise. Os resultados foram os seguintes:

Exemplo prático do Diagrama de Pareto

Pedro ficou extremamente surpreso com os dados coletados. Antes de realizar a pesquisa de satisfação, ele percebeu que só estava dando atenção ao produto vendido e inclusive já planejava maneiras de torná-lo mais atrativo aos seus clientes.

O que ele não esperava era que as pizzas representavam apenas 14% das insatisfações em seu restaurante, ou seja, existiam diversos outros motivos – que não possuíam relação com o produto final – responsáveis pela maior parte dos feedbacks negativos dos clientes.

A partir da análise feita, Pedro observou que 84,5% das insatisfações estavam voltadas para o ambiente no qual os clientes estavam presentes. Dessa maneira, seu foco passou a ser voltado para aprimorar o local, criando um espaço menos barulhento, mais confortável e com funcionários mais profissionais. Em outras palavras, houve uma priorização do que seria feito.

Como o Diagrama de Pareto funciona?

Será que foi pura coincidência poucos motivos serem responsáveis pela maior parte das reclamações no exemplo da pizzaria?

Como dito anteriormente, o Diagrama de Pareto é uma excelente ferramenta gráfica de priorização. Mas o que não foi falado antes é que esse diagrama está diretamente relacionado com a Lei de Pareto, popularmente conhecida como o Princípio 80/20.

Princípio 80/20

Princípio 80/20

Esse princípio nos diz que 80% dos resultados vêm de 20% dos esforços, ou seja, a lei é uma tendência que prevê uma proporção em diferentes relações de causa e efeito. Esse princípio é aplicado em inúmeras situações do mundo e não só no mundo dos negócios:

  • 80% da rentabilidade vem de 20% dos ativos
  • 80% dos crimes são cometidos por 20% dos criminosos
  • 80% dos acidentes de carro são cometidos por 20% dos motoristas
  • 80% dos gols de um time são feitos por 20% dos jogadores
Batman pensativo

É claro que, no mundo real, os valores não necessariamente irão corresponder perfeitamente à 80% e 20%. A ideia por trás do princípio consiste em dizer que poucos elementos são responsáveis por grande parte dos resultados. Vamos trazer um último exemplo rápido:

Digamos que você tenha sua própria empresa e esteja se deparando com um alto número de gastos. Antes de realizar qualquer corte, é importante que você tenha a Lei de Pareto em mente e busque encontrar os poucos elementos responsáveis pela maioria dessas despesas.

Vamos supor que 80% das despesas são provenientes somente de energia e água, enquanto todo o resto vem de outros fatores como o salário dos funcionários, manutenção do maquinário, eventos da empresa, lanches nas reuniões, etc.

O impacto total presente em uma redução nas despesas de energia e água será muito maior do que se houvesse um corte, por exemplo, nos lanches das reuniões ou se não houvesse mais manutenção do maquinário. Isso ocorre simplesmente porque a água e energia possuem um maior peso dentro dos gastos totais da empresa.

Sendo assim, procure sempre identificar aquela menor parcela responsável pela maioria dos efeitos. Fazendo isso, você conseguirá priorizar as atitudes a serem tomadas e atingir seus objetivos com maior eficiência.

Você já usa o aplicativo do Real Valor?

Nele você consegue acompanhar o seus investimentos. E aí? Já sabe quais são os 20% de ativos que trazem 80% da sua rentabilidade? Já pensou em focar mais neles?

Disponível para Android, IOS e na Web, 100% de graça!

« Back to Glossary Index