« Back to Glossary Index

Se você é uma pessoa interessada em ações ou que já leu sobre a famosa Análise Fundamentalista, provavelmente já se deparou com o termo Dividend Yield.

O que é?

Dividend Yield – ou DY – é um importante indicador nas análises de investimento que tem como objetivo metrificar o quanto uma empresa costuma pagar em dividendos por ano.

Fazendo dinheiro com Dividend Yield

Mas calma! Antes de entrarmos mais a fundo nele, é importante entendermos claramente o significado de dividendos.

Dividendos

Ao comprarmos uma ação na bolsa de valores, podemos fazer dinheiro de duas formas distintas:

  • Pela valorização do preço da ação
  • Pelo pagamento de proventos

Valorização do preço da ação

Olha esse simples exemplo:

Vamos supor que hoje você comprou o papel de uma empresa a R$10,00.

Se em 2 meses esse mesmo papel estiver custando R$15,00, você pode optar por vender ele e lucrar R$5,00 (desconsiderando qualquer tipo de imposto). Esse lucro se deu exclusivamente por conta da valorização da ação da empresa.

Pagamento de proventos

Proventos nada mais são que benefícios distribuídos pelas empresas aos seus acionistas.

Quando uma empresa lucra ela tem duas alternativas: 

  • Reinvestir o valor na empresa
  • Distribuir os lucros para os acionistas da empresa

Lembre-se quando você compra uma ação de uma empresa, você se torna sócio dessa empresa.

Essa distribuição de lucro pode ser através de pagamento de dividendos ou juros sobre capital próprio.

Você deve estar se perguntando qual a diferença entre dividendos e juros sobre capital próprio, mas é bem simples. Nos juros sobre capital próprio, o acionista é responsável por pagar o imposto de renda enquanto, nos dividendos, cabe a empresa fazer o pagamento dos impostos sobre os lucros.

No Brasil, a Lei nº 6.404/76 (Lei das Sociedades Anônimas) diz que cabe ao estatuto social da companhia indicar o percentual dos lucros que será distribuído sob forma de dividendos.

Se ele for omisso, a empresa pagará 50% do lucro líquido ajustado.

Na prática, a maioria das empresas tem como praxe fixar os dividendos em 25% do lucro líquido ajustado, mas não há nada que as impeça de pagar um percentual menor.

Agora que você sabe o que são dividendos, podemos prosseguir com o Dividend Yield.

Como calcular o Dividend Yield?

Relembrando: Seu objetivo é mensurar o quanto uma empresa costuma pagar em dividendos em um ano.

É muito fácil calcular o DY e você só precisa de duas informações: o valor dos dividendos pagos por ação pela empresa nos últimos 12 meses e a cotação atual da ação da companhia. Segue o cálculo:

Dividend Yield = (Dividendos por ação / cotação da ação) * 100

Vamos criar um exemplo para ficar mais claro:

Nos últimos 12 meses, meu amigo Ricardo investiu em uma empresa que pagou R$3,00 por ação na forma de dividendos e, hoje, o papel dessa mesma companhia está custando R$30,00.

(R$ 3,00 / R$ 30,00) * 100 = 10%

Calculando o Dividend Yeld, obtemos um valor de 10%, mas o que isso nos mostra?

Caso Ricardo tivesse comprado 100 papéis dessa empresa, ou seja, investido um total de R$3.000,00, ele receberia 10% desse investimento em dividendos. Em outras palavras, a companhia teria pagado a ele R$300,00 na forma de proventos.

Como interpretar seu valor?

Agora que você entendeu o que é e como se calcula o DY, vamos ver como interpretar esse valor.

Quando investimos em ações com o objetivo de fazer dinheiro pela distribuição de proventos, é interessante buscar papéis de empresas que possuem um valor alto de DY:

Quanto maior o Dividend Yield de uma companhia, maior costuma ser o seu pagamento na forma de proventos aos seus acionistas.

Se observarmos novamente a fórmula apresentada, é simples concluir que a oscilação do preço do papel pode variar o DY: Se o preço da ação cair, o Dividend Yield subirá.

Mas cuidado! É importante estar atento a distorções desse valor já que uma ação muito desvalorizada pode resultar em um Dividend Yield melhor do que realmente é.

Sendo assim, é muito importante tomar sua decisão de investimento com base em outros indicadores presentes na Análise Fundamentalista.

Sabia que você consegue ver seus proventos recebidos pelo aplicativo do Real Valor?

Além disso, você pode acompanhar de perto suas ações!

Disponível para Android, IOS e na Web, 100% de graça!

« Back to Glossary Index