« Back to Glossary Index

Já se perguntou o que significava a sigla “Inc.” no final do nome de uma empresa? No nosso dia a dia nos deparamos com vários exemplos, como:

  • Apple Inc.
  • Google Inc.
  • Facebook Inc.
Empresa Inc.

Mesmo esbarrando várias vezes com essa sigla, muitas pessoas acabam não sabendo seu significado e no que esse conceito impacta as empresas.

Vem que eu te explico!

O que é Inc.?

A sigla “Inc.” vem do inglês e significa “Incorporated”. Esse conceito faz referência a uma empresa que não mistura o seu patrimônio com o dos seus diretores e acionistas.

Em outras palavras, a empresa possui a chamada responsabilidade limitada, ou seja, os ativos da empresa são separados dos ativos dos sócios e demais investidores.

Imagine-se sendo um acionista de uma empresa. Mesmo podendo receber os lucros por meio de dividendos ou da valorização das ações, em uma Inc., você não é pessoalmente responsável por endividamentos e outras complicações geradas por uma má gestão da empresa.

Organizações Inc. separam os patrimônios

Quais as suas vantagens?

O Inc. oferece muitas vantagens tanto para a organização, quanto para os acionistas. Vou te mostrar alguns exemplos:

  • Menores limitações fiscais, fazendo com que a empresa não tenha grandes prejuízos;
  • Proteção dos ativos dos proprietários contra os passivos da empresa;
  • Venda de ações no mercado de capital
  • Facilidade na transferência de propriedade

Como mencionado, uma Incorporated consegue adquirir bastante capital pela venda de ações na bolsa de valores, lembrando que a organização não tem a necessidade de reembolsar as pessoas que aplicaram seu dinheiro e operam no vermelho.

É muito comum termos grandes empresas como a Coca-Cola, Microsoft, Toyota, Twitter, Facebook, Nike – por aí vai – sendo classificadas como Inc.

E suas desvantagens?

Uma delas é que a renda da empresa sofre tributação duas vezes. A empresa precisa pagar impostos sobre o seu faturamento anual, como pessoa jurídica. Não suficiente, os acionistas e executivos da corporação são tributados sobre suas receitas anuais e mensais.

Existem estruturas corporativas, como a LCC e a S Corporation, que evitam a dupla tributação e acabam sendo mais atraentes em vários setores.

Como a Inc. é criada?

Quase todos os setores da economia podem ter uma Inc.

Para se criar uma, é preciso que sejam feitos documentos específicos, chamados de “Artigos de Incorporação”. Eles nada mais são que documentos legais que buscam documentar a criação de qualquer corporação, inserindo dados como os objetivos da empresa, endereço completo e o tipo de ações que vão ser emitidas.

Criação de uma organização Inc.

Um investidor, ao comprar o papel de uma empresa, torna-se um proprietário de algumas cotas do negócio. Dessa forma, ele tem o direito de receber parte dos lucros da empresa e, dependendo do tipo de ação comprada, pode ter algumas vantagens como a preferência no recebimento de dividendos – Ações Preferenciais.

Em uma empresa Inc., a diretoria é responsável por guiar a trajetória a ser seguida pelo negócio visando aumentar cada vez mais a sua participação no mercado.

Esses diretores não precisam responder por dívidas que a empresa contraiu – a menos que existam casos de fraude. Isso acontece por conta do “véu corporativo de responsabilidade limitada”, que protege as pessoas nesses cargos e os acionistas do negócio.

Em outras palavras, é importante ter em mente que uma Incorporation pode desenvolver estratégias de crescimento incomuns sem que os seus diretores e acionistas tenham prejuízos no seu patrimônio pessoal.

E aí? Entendeu um pouco mais do que se trata uma Inc.?

É importante estarmos sempre atentos com o nosso patrimônio pessoal e onde aplicamos ele.

O Real Valor te ajuda a cumprir essa função!

Disponível para Android, IOS e na Web, 100% de graça!

« Back to Glossary Index