« Back to Glossary Index

O que é P/L?

Preço por Lucro, também conhecido como P/L, nada mais é que um importante indicador de uma empresa. Esse quociente é muito utilizado em diversas análises de investimento, como por exemplo na Análise Fundamentalista.

Por que usar esse indicador?

Um de seus objetivos é tornar aparente para um investidor se o valor de um papel está caro ou barato em um dado momento. Além disso, o indicador Preço por Lucro é uma excelente ferramenta para comparar o preço das ações entre duas ou mais empresas distintas.

Comparar o preço das ações de diferentes empresas utilizando o P/L

Ao observar o P/L de várias empresas do mesmo setor, por exemplo, é possível encontrar papéis que estão “mais em conta” que outros, auxiliando em melhores decisões de investimento.

Como calcular o P/L?

O cálculo parece ser bem intuitivo, simplesmente dividir o preço pelo lucro. Mas que preço é esse e de que lucro estamos falando?

P/L = Preço por Ação / Lucro por Ação

Estamos falando do Preço de cada Ação e do quanto de Lucro cada um desses papéis representa.

Preço por Ação

Esse valor não tem mistério, ele consiste simplesmente no preço do papel no mercado em um dado momento.

Lucro por Ação

Já o Lucro por Ação, também conhecido como LPA, é determinado da seguinte maneira:

LPA = Lucro Líquido da Empresa / Número de Ações Emitidas

Como mencionado anteriormente, esse índice indica a parcela de lucro líquido presente em cada ação. Bem simples por enquanto, né?

Como Interpretar o P/L?

Agora que você sabe como se calcula esse indicador, é importante entender como avaliar os números que encontrar.

Quando temos um valor muito elevado do Preço por Lucro de uma empresa, estamos nos deparando com uma possível indicação de que o preço da ação está acima do considerado justo. Além disso, pode ser um sinal de confiança do mercado, onde muitas pessoas estão comprando o papel em específico.

Por outro lado, quanto menor o Preço por Lucro, mais barato está o papel da ação. Em outras palavras, a ação aparenta ter uma baixa confiabilidade no mercado e pode existir uma oportunidade ainda não notada por parte dos investidores.

Se em algum momento você se deparar com um P/L negativo, matematicamente isso só pode significar uma coisa: a empresa em questão está tendo prejuízo.

Na Prática

Para facilitar um pouco a compreensão, vamos trazer um exemplo prático:

Vamos supor que uma empresa chamada Flipeta é aberta em bolsa e hipoteticamente possui 1 milhão de ações emitidas, cada uma custando R$17,00.

Nos últimos 12 meses, a empresa Flipeta conseguiu um Lucro Líquido de R$850.000,00, representando um ótimo desempenho para o porte do negócio.

Calculando o P/L da Flipeta, temos:

LPA = (R$850.000,00) / (1.000.000) = R$0,85

P/L = (R$17,00) / (R$0,85) = 20

Dessa forma, o Preço por Lucro da Flipeta é 20.

No mesmo setor temos a empresa R-Cred, também aberta em bolsa, que por sua vez tem 8 milhões de ações emitidas, cada uma custando R$30,00.

No mesmo período que Flipeta, a empresa R-Cred conseguiu um Lucro Líquido de R$10.000.000,00.

Partindo para o cálculo do P/L da R-Cred, temos:

LPA = (R$10.000.000,00) / (8.000.000) = R$1,25

P/L = (R$30,00) / (R$1,25) = 24

Pelas contas, o Preço por Lucro da R-Cred é 24.

E aí? Qual dessas ações é a melhor para ser comprada?

A resposta é depende. A partir dos resultados obtidos, podemos observar que o Preço por Lucro da Flipeta é menor que o da R-Cred indicando uma possível oportunidade de investimento – caso estejamos lidando com um setor onde só existam essas duas empresas.

Contudo, estamos observando apenas um dos inúmeros indicadores existentes para a escolha dos investimentos. Antes de tomar qualquer decisão na bolsa de valores é importante estudar outros indicadores das empresas para realizar uma Análise Fundamentalista eficaz.

Depois que decidir por qual ação comprar, você pode acompanhar pelo Real Valor!

Disponível para Android, IOS e na Web, 100% de graça!

« Back to Glossary Index