« Back to Glossary Index

Quando estamos lendo ou conversando sobre investimentos, é muito comum ouvirmos o termo Yield no meio de uma frase.

Yield consiste no rendimento

Esse é um conceito básico e extremamente importante quando o assunto é aplicação de dinheiro. Sendo assim, vamos entender de uma vez por todas o que ele significa.

O que é Yield?

Traduzido para o Português, Yield significa rendimento. Sendo bem direto, o Yield consiste na diferença entre o valor investido e o que retornou após o investimento na forma de lucro.

Esse termo é usado em qualquer tipo de aplicação, desde investimentos em renda fixa até investimentos em renda variável.

É a partir dele que surgem outras definições mais complexas, como por exemplo o Dividend Yield e até mesmo o Yield on cost.

Funcionamento do Yield

Quando falamos de rendimento, estamos sempre tentando relacionar um resultado que obtivemos com o esforço necessário para atingir ele. Sendo assim, é claro que o termo rendimento acaba sendo relacionado com outras áreas. Quantas vezes não ouvimos sobre o rendimento de algum experimento em um laboratório ou até mesmo o rendimento de algum atleta?

Rendimento de um atleta se chama Yield também?

Mas quando falamos especificamente sobre Yield, estamos nos referindo a uma área específica: a Economia.

Vamos trazer um exemplo:

Imagine que você resolveu aplicar R$1.000,00 na poupança. Depois de um ano, você decide tirar seu dinheiro da aplicação e percebe que, com a atuação dos juros sobre o seu capital, foram retirados R$1.100,00.

Se pegarmos o montante e diminuirmos do valor que você aplicou inicialmente, percebemos que houve um rendimento de R$100,00.

Montante (R$1.100) – Investimento inicial (R$1.000) = Rendimento Yield (R$100)

Diferença entre Rendimento e Rentabilidade

Muitas pessoas se confundem ou acabam achando que rendimento e rentabilidade são sinônimos, quando na realidade são dois conceitos totalmente distintos!

Conceitualmente, a rentabilidade representa o percentual da remuneração obtida a partir do que você investiu.

Calma, pode ter ficado confuso. Vamos pegar o exemplo anterior de novo:

Você aplicou R$1.000,00 e, depois de um ano, ficou com um total de R$1.100,00. Nesse caso, você teve uma rentabilidade de 10% ao ano, já que o seu rendimento de R$100,00 representa 10% do investimento inicial.

Para que serve o Yield?

Uma das principais funções do Yield é auxiliar a pessoa responsável por investir a saber se a aplicação é vantajosa ou não.

É importante lembrar que, quanto maiores os retornos de um investimento, maiores são os riscos envolvidos.

O que eu quero dizer é: Nem sempre a aplicação com maior Yield vai ser a mais vantajosa para você. Isso vai variar de acordo com a estratégia de cada investidor.

E aí? Já sabe por onde acompanhar sua estratégia de investimentos?

Acompanhe ela de perto pelo Real Valor!

Disponível para Android, IOS e na Web, 100% de graça!

« Back to Glossary Index