Você já sabe seu perfil de investidor? Confira essas dicas para saber qual perfil você se encaixa no mundo dos investimentos.

Você é do time devagar eu chego lá, equilíbrio é tudo ou só se vive uma vez? Calma, eu não enlouqueci, mas quero ilustrar para você que existem diferentes perfis de investidor e tem um que se encaixa com você.

De certa forma, perfil de investidor não necessariamente é como você lida com os problemas do dia a dia, mas sim como você encara os investimentos. a CVM (Comissão de Valores Imobiliários) regulamentou um teste que é feito antes de iniciar a aportar dinheiro em investimentos para que você não invista em ativos que não estão de acordo com seus objetivos.  

Conhecido como “perfil de investidor” –  esse teste é feito através de uma análise que identifica suas preferências e expectativas em relação aos investimentos, chamado Suitability.

Apesar do nome estranho, é um teste bem simples que tem como base três requisitos principais:

  •  Segurança
  •  Liquidez
  •  Rentabilidade

Com as perguntas respondidas ele mapeia qual destes pilares são mais importantes para você. No mundo ideal, a gente gostaria de ter os três, mas a realidade nem sempre é o que esperamos. Por isso, dentre esses três pilares geralmente dois se destacam mais. 

Esse teste é bem importante para guiar os seus passos na hora de investir, com essa ajuda fica bem mais fácil saber quais investimentos se encaixam melhor no que você busca e, assim evitar ser aquela pessoa que investiu tudo em criptomoedas e depois perdeu tudo. Conhece alguém assim?

Se essa pessoa se tornou a pior inimiga das criptomoedas, agora você sabe que é porque provavelmente ela ignorou totalmente o perfil de investidor. Mas, afinal quais são esses perfis? Vamos entender! 

Afinal, quais são os perfis de risco nos investimentos?

Conservador

De modo geral, quanto menor o conhecimento, o dinheiro para investir e a tolerância a riscos, mais conservador é o perfil do investidor. E isso não quer dizer que essa pessoa precisa continuar na poupança, mas sim que também pode buscar outros ativos que trazem mais segurança e um pouco mais de rentabilidade. O perfil conservador vai geralmente valorizar a segurança e a liquidez, mesmo que abra mão de uma rentabilidade exponencial. 

Arrojado/Agressivo

Já quem tem mais conhecimento sobre investimentos, dinheiro para investir e tolera correr riscos em busca de uma maior rentabilidade – importante: aqui também é aconselhável que a pessoa esteja com o eletrocardiograma em dia – é considerado uma pessoa com o perfil mais arrojado. Os investidores desse perfil aceitam investir em ativos com mais volatilidade como ações e criptomoedas.

Geralmente, o arrojado ou agressivo é um investidor que topa correr mais riscos, já que entende das oscilações do mercado e usa a seu favor para ganhar mais dinheiro, como ele prioriza rentabilidade e retorno, ele aceita investir em ativos com menos garantias já que a rentabilidade é o seu foco. Veja, esse perfil não é irresponsável e sai colocando o dinheiro em qualquer ativo. Pelo contrário, ele estuda, avalia os riscos e então decide onde alocar seu patrimônio.

Moderado

Entre esses dois, também existe o moderado, aquele que é meio-termo, o famoso “equilíbrio é tudo”, que não quer ter pouca rentabilidade, mas também não quer correr o risco de perder tudo. Essa pessoa estuda sobre investimentos, tem uma certa quantidade de dinheiro para investir, mas não aceita correr grandes riscos. Nesse caso,  o moderado tende a abrir mão da liquidez atrás de uma rentabilidade um pouco maior que o conservador, e segue prezando pela segurança 

Confira essas dicas que vão te ajudar a entender melhor o seu momento atual, sua experiência seu conhecimento sobre investimentos e o nível de risco que você se sente confortável:

  1. Se você fica desesperado só de pensar em perder dinheiro;
  2. Tem medo do risco;
  3. Está começando a investir agora;
  4. Checa a sua conta bancária diariamente;
  5. Não está familiarizado com diferentes investimentos;

Provavelmente é um investidor conservador. Agora se:

  1. Você aceitaria um pouco de risco para ganhar mais
  2. Começou a investir há um tempo, mas não se sente tão seguro
  3. Gosta de diversificar seu portfólio de investimentos
  4. Não se desespera quando a rentabilidade cai, mas fica de olho
  5. Gostaria de entender mais sobre risco, e usá-lo a seu favor para ter mais rendimentos;
  6. Têm objetivos de curto, médio e longo prazo

Tem todos os traços para ser um investidor moderado. Ou se você:

  1. Prioriza a rentabilidade primeiro;
  2. Topa correr riscos
  3. Sabe que na renda variável existe mais volatilidade e entende que pode ser alguma ação do mercado;
  4. É um investidor experiente;
  5. Usa o risco a seu favor para ganhar mais;
  6. Já perdeu algum dinheiro alguma vez e não se desesperou.

Você é um investidor arrojado. 

É importante saber que o perfil de investidor não é algo que, necessariamente, vai permanecer igual para sempre. Por isso, é importante que você saiba qual é o seu, mas não se prenda a ele. Afinal, quanto mais você aprende sobre investimentos, mais pode sentir vontade de ter maiores rendimentos. 

Agora que você já sabe que tipo de investidor você é, descubra aqui qual é a carteira de investimentos ideal para você. Para te ajudar nessa tarefa, conseguimos um simulador on-line que vai te mostrar como distribuir seus investimentos de acordo com o seu perfil de investidor. Fizemos uma simulação e o resultado foi esse:

Essa simulação é apenas demonstrativa, mas você pode fazer a sua de forma gratuita, é só clicar aqui neste link