Estamos de frente com um risco ou uma oportunidade?

Oscilação do Dólar

Antes de mais nada, você precisa saber uma informação importante:

Não tente prever o Dólar, ninguém sabe para onde ele vai

O preço de hoje é igual ao preço de ontem mais um choque, completamente imprevisível

Você conhece o conceito de Random Walk? É o que acontece com o dólar

- Câmbio de equilíbrio;
- Risco país;
- Força do Dólar;
- Força das commodities;
- Diferencial de juros.

O que movimenta o Dólar?

Existem 5 principais pontos responsáveis por essa movimentação:

1º Ponto

Câmbio de equilíbrio

Balança de pagamentos é o registro de todas as entradas e saídas do país com exterior

É a taxa que equilibra a balança de pagamentos do país com o resto do mundo.

Assim, o câmbio de equilíbrio é a relação do Brasil com mundo. Existem vários modelos para calcular essa taxa, é o que chamam de câmbio justo.

2º Ponto

Risco país

Ele mostra o quão confiável é o nosso país na visão dos estrangeiros

Pode ser avaliado pelo produto financeiro Credit Default Swap e é afetado por fatores fiscais, políticos e, atualmente, pandêmicos

3º Ponto

Força do Dólar

Medida pelo DXY ou Dólar Index, onde ele é comparado com outras moedas fortes ao redor do mundo

Quando o DXY sobe, o Dólar está mais forte e quando o DXY cai, o Dólar está mais fraco

Os EUA estão em um ciclo de crescimento atualmente, o que gera uma moeda mais forte

Contudo, parte do crescimento vem da impressão de dinheiro pelo governo, desvalorizando o Dólar no longo prazo

Esse crescimento consegue sustentar uma moeda forte no curto prazo

Analistas acreditam que o Dólar pode se desvalorizar ao longo dos próximos 10 anos

4º Ponto

Força das Commodities

Durante o 1º semestre, o aumento do preço das commodities fortaleceu o Real. Especialistas acreditam que vá ocorrer uma correção de seus preços neste 2º semestre, mas sem impactar na força do Real.

5º Ponto

Diferencial de juros

Consiste na diferença entre a taxa de juros do Brasil e os EUA

Recentemente o Banco Central ampliou esse diferencial pelo aumento da nossa taxa, o que atrai mais investidores estrangeiros

O que podemos concluir?

Os 5 fatores interferem no câmbio do dólar e fica impossível prever

Melhor que tentar prever é diversificar a carteira geográficamente 

Entenda melhor aqui! 

Stocks, ETFs, Fundos e muito mais... Baixe agora!

Se você já diversifica seus investimentos de forma internacional, consegue acompanhar pelo Real Valor

Versão Web